DHEA - O hormônio anti-envelhecimento

O que é DHEA?

DHEA ou desidroepiandrosterona (do inglês dehydroepiandrosterone) se trata de um hormônio produzido pelo colesterol pelas glândulas suprarrenais, ele também é precursor da testosterona e do estradiol. O DHEA é convertido em hormônio masculino ou hormônio feminino dependendo do sexo da pessoa, da idade e outras variáveis.

Com o passar dos anos a produção do cortisol aumenta e a produção de DHEA, Melatonina, HGH ( Hormônio do Crescimento) diminui.

Até os 5 anos de vida uma criança as glândulas suprarrenais produzem pouquíssimo DHEA.
A partir dos 6 ou 7 anos de vida a produção do DHEA começa a aumentar, alcançando sua produção máxima por volta dos 20 anos de idade.

Aos 20 anos o DHEA é o hormônio mais abundante circulando na corrente sanguínea.

Entre os 30 e 40 anos acontece uma diminuição nos níveis de DHEA no corpo humano.

A partir dos 40 anos, o corpo produz metade dos níveis que produzia aos 20 anos.

A partir dos 65 anos o corpo produz em torno de 10 a 20% dos níveis considerados ideais.

Aos 70 anos, a quantidade cai para 25% ou menos da quantidade que tinha aos 20 anos.

Aos 80 anos, a quantidade cai para 5% da quantidade que tinha aos 20 anos.

Quais os efeitos de DHEA?

No ano de 1995, o Annals of the New York Academy of Sciences publicara um trabalho que mostrava pacientes que suplementaram com DHEA obtiveram aumento da massa muscular, redução de gordura (maior resultados nos homens do que nas mulheres), aumento de força (ambos os sexos), bem como a melhorar do sistema imunológico.

Também fora evidenciado que o DHEA ajudava na depressão com doses diárias de 50mg por dia aumentava bastante a sensação de bem-estar .

Benefícios do DHEA

  • Melhora o sistema imunológico;
  • Auxilia a reverter a aceleração do envelhecimento provocado pelo cortisol;
  • Protege contra alguns tipos de câncer;
  • Previne e em alguns casos pode reverter a osteoporose;
  • Reduz o risco de doenças cardiovasculares;
  • Controla os níveis de açúcar no sangue;
  • Diminui a produção de lipofuscinaLipofuscina é um pigmento depositado na célula que serve para detectar o tempo de vida celular. Ela está presente em células que não se multiplicam e têm vida longa. Quanto mais lipofuscina presente, mais velha é a célula.;
  • Auxilia no ganho de massa muscular e na redução de gordura;
  • Provoca um aumento da líbido;
  • Provoca sensação de bem-estar após uso contínuo de 3 ou mais meses;
  • DHEA tem sido eficaz para ajudar os pacientes aidéticos para recuperar energia e funcionamento do sistema imunológico.

Como usar DHEA

Passo 1: Submeter a testes de DHEA com seu médico. Este teste é simples e requer somente uma amostra de saliva para determinar os níveis de DHEA em sua corrente sanguínea, também pode ser obtido através de exame sanguíneo. Uma vez que os resultados dos testes são recebidos, o médico irá determinar a dosagem adequada de DHEA para suas necessidades individuais.

Passo 2: Tome pela manhã sua cápsula de DHEA com um copo de água, as dosagens variam de 25mg até 100mg.

Passo 3: Tome nota de possíveis efeitos colaterais que venham a surgir como por exemplo: redução no apetite, dores de cabeça, náuseas. Os efeitos colaterais podem desaparecer a medida que seu corpo se adapta ao suplemento DHEA. Informe ao seu médico para que ele possa aumentar ou diminuir a dosagem.

Passo 4: O DHEA demora cerca de 3 até 6 meses para seu corpo se adequar e apresentar os benefícios do produto. Se após este período não apresentar nenhuma melhora, consulte seu médico para receitar outra suplementação.

Relatos de quem já usou DHEA

Funciona! Mas tem que ter paciência os resultados não são tão rápidos quanto parecem, mas são totalmente saudáveis. “Cleiton, Belém-PA”

Para quem é indicado e quem pode usar o DHEA?

DHEA é geralmente indicado para pessoas que estão com um déficit na produção natural de testosterona. Pode ser utilizado em TPC (Terapia Pós Ciclo) para auxiliar na elevação natural da testosterona, além de ajudar a fornecer um ganho de massa muscular e na redução de gordura.

DHEA também é indicado por inúmeros médicos para pessoas geralmente acima dos 30 anos onde a produção natural de DHEA começa a reduzir, e os efeitos do DHEA são sentido ao longo de poucos meses.

Quem não pode usar DHEA?

Não é indicado para pessoas jovens (até 30 anos) com níveis normalizados de hormônios masculinos ou femininos. Pode ser indicado para menores de 30 anos, caso tenham feito uso de anabolizantes ou pró-hormonais.

Quais dosagens posso encontrar o DHEA?

DHEA pode ser encontrado em dosagens de 25mg, 50mg e 100mg.