Sibutramina para emagrecer

O cloridrato sibutramina é uma das alternativas mais eficazes no tratamento da obesidade. Também chamado do cloridrato monohidratado de sibutramina, trata-se de uma serotonina seletiva que age inibindo a reabsorção de noradrenalina no organismo. Sua função é a perda de peso em pessoa obesas e pré-obesas.

No Brasil encontramos a sibutramina 10mg e a sibutramina 15mg e sua venda é mediante prescrição médica.  Sabemos que a obesidade é uma das doenças que mais acometem pessoas em todo o mundo e a sibutramina é um dos produtos que podem ajudar. A principal função do produto é a redução do apetite, fazendo com que a pessoa controle a quantidade de alimento consumido e perca peso com mais facilidade. 

Sibutramina para que serve

Inicialmente, a sibutramina era um antidepressivo. Mas, notou-se que ela atuava com muita eficácia no hipotálamo central reduzindo e controlando a fome. Após estudos, chegaram à conclusão que este medicamento agia de forma excelente no bloqueio da recaptação da serotonina e na redução do apetite, já que leva a pessoa a ter sensação de saciedade como nenhum outro medicamento. Foi então que passou a ser usado como alternativa para o emagrecimento.

A sibutramina leva as pessoas à perda de peso e isso acontece porque seu mecanismo de ação atua diretamente no sistema nervoso central, inibindo a serotonina e a noradrenalina. Esse processo faz com que a pessoa tenha uma saciedade maior, mesmo consumindo uma quantidade pequena de alimento. Além disso, reduz consideravelmente a vontade de comer doces e carboidratos.  

Mas ela não faz só isso. A sibutramina também eleva o metabolismo e, com ele mais acelerado, a perda de peso é ainda maior, pois quanto mais o metabolismo acelera, mais o corpo queima calorias.  É por essa razão que a sibutramina é uma das opções mais buscadas por quem quer perder peso. 

Tudo isso se deve à ação do produto no sistema nervoso central diretamente nos neurotransmissores. Essas substâncias (neurotransmissores) levam informações de um neurônio para o outro. Dentre eles, temos a serotonina, que é um poderoso inibidor de apetite. Para completar, ainda atua como regulador do humor e ansiolítico.

Sibutramina emagrece

A sibutramina emagrece sim. Aliás, uma coisa que este produto faz com eficiência é inibir a fome, levando a pessoa à perda de peso. Por isso, é feito para quem quer perder peso rápido, como 6 kg em um mês, por exemplo. O que se espera para que isso aconteça é que o uso da sibutramina seja feito de forma correta.

Ao contrário do que muita gente pensa, a sibutramina não mantém o corpo magro sem a prática de atividade física e alimentação balanceada. Para que não ocorra o efeito sanfona (muito comum nos relatos de usuários), é preciso balancear o uso do produto com uma rotina de hábitos saudáveis. Além do mais, ele deve ser utilizado com acompanhamento médico.

De acordo com a bula, o princípio ativo do medicamento responde em cada pessoa de forma diferente. Por isso, não dá para precisar a quantidade de peso que é possível perder e em quanto tempo isso ocorre. O fato é que os efeitos são rápidos e os relatos não deixam dúvidas quanto a isso. Espera-se, em média, que o tratamento comece a mostrar resultados com 15 dias de uso. 

Sibutramina benefícios e riscos

Sem dúvida, o maior benefício da sibutramina é a perda de peso rápida, mesmo sem atividade física. Apesar de uma rotina de exercícios físicos ser recomendada para evitar efeito rebote, o fato é que você consegue reduzir o peso mesmo sem eles. 

A sibutramina também reduz o apetite. Você passa a ter uma saciedade como nunca vista antes e, aos poucos, vai comendo porções menores do que as que estava acostumado. Sem contar que a compulsão por doces e chocolates também tende a reduzir. 

Outro benefício deste produto é o aumento do metabolismo. O organismo passa a queimar calorias com mais intensidade e isso, junto com a redução do apetite, provoca a queima de gordura e a redução de medidas. 

Mas, existem riscos. Tomar sibutramina sem acompanhamento médico é o maior deles. Como essa substância atua no sistema nervoso central, ela é contraindicada para grupos de pessoas como hipertensas, com histórico de doenças do coração, fumantes, gestantes, lactantes e outros. 

Sibutramina efeitos colaterais

Antes de descrever qualquer efeito colateral, é importante destacar que eles ocorrem em geral no início do tratamento. Com o decorrer do tempo verifica-se que a gravidade e a frequência das reações diminuem. 

Os efeitos colaterais observados em geral não foram graves e não impediram a continuação do tratamento. Os mais comuns são:

  • Boca seca;
  • Insônia;
  • Taquicardia;
  • Constipação;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Ansiedade;
  • Cefaleia;
  • Sudoreses;
  • Náuseas.

Casos de efeitos mais graves incluem acidente vascular cerebral e taquicardia, devido ao aumento da concentração de neurotransmissores, que possuem efeito vasoconstritor. Isso só aumenta a importância de utilizar a sibutramina com acompanhamento médico e consciente de que o uso incorreto traz riscos à saúde. 

Quem não deve tomar Sibutramina

Alguns grupos de pessoas não podem fazer uso da sibutramina. Para pessoas com os problemas abaixo, sibutramina faz mal

  • Histórico de diabetes mellitus tipo 2 associada a algum fator de risco (colesterol alto, hipertensão);
  • Fumantes;
  • Histórico de doença cardiovascular;
  • Lactantes e gestantes;
  • Histórico de doença arterial coronariana;
  • Histórico de insuficiência renal;
  • Histórico de transtornos alimentares (anorexia, bulimia);
  • Histórico de hipertensão pulmonar;
  • Doenças hepáticas;
  • Glaucoma;
  • Uso de medicamentos antidepressivos, supressores de apetite, descongestionantes nasais e antitussígenos;

Além disso, sibutramina é contraindicada para crianças, adolescentes, idosos com mais de 65 anos e mulheres que estão tentando engravidar. 

Sibutramina faz mal?

Sibutramina não faz mal. O que prejudica a saúde é o uso incorreto dessa substância. O excesso e sua utilização pelos grupos que citamos nas contraindicações é que prejudicam a saúde.  Para que o tratamento seja eficiente e sem perigos para a saúde, basta tomar algumas precauções e seguir as recomendações médicas à risco. Assim, além de perder peso rápido, você ainda mantém a saúde. 

Como tomar sibutramina

Inicialmente, a dose recomenda é 1 cápsula de sibutramina 10mg ao dia. Essa dose deve ser administrada via oral, pela manhã, acompanhada ou não de alimentação. Deve ser ingerida com água. O melhor horário para tomar sibutramina é pela manhã,  sob o risco de causar insônia. 

Caso o tratamento não faça efeito, ou seja, caso a pessoa não perca no mínimo 2 kg nas primeiras 4 semanas, é necessário reavaliar a dose, que pode ser elevada para sibutramina 15mg. Em nenhuma hipótese aumente a dose mais de 15mg. 

Sibutramina e álcool: é permitido? 

Não é aconselhado o uso de sibutramina e álcool. Embora alguns fabricantes informem em suas bulas que o uso das duas substâncias não provocam alterações, não é seguro fazer uso delas. Além de não terem chegado a uma dose exata e segura, cada pessoa reage de uma forma à interação entre medicamento e álcool. Isso quer dizer que não há como prever as reações a essa interação. 

Comprar Sibutramina

A sibutramina pode ser encontrada de duas maneiras: cloridrato monohidratado de sibutramina e sibutramina anidra. A primeira é a que você vai encontrar em farmácias e sites especializados em medicamentos para emagrecer, como Fast Suplementos. A sibutramina anidra não é comercializada no país. A Anvisa proibiu sua venda porque não há estudos clínicos que comprovem sua ação. 

Sendo assim, cloridrato monohidratado de sibutramina é comercializado em embalagens que contém 30 comprimidos e eles podem ser de 10mg ou 15mg.

Deixe um comentário