Glutamina para que serve

A importância da glutamina e o que é

A glutamina é produzida pelo organismo e é constituída por aminoácidos que facilitam o transporte de nitrogênio nos músculos, facilitando o ganho de massa muscular ou massa branca, ou seja, a hipertrofia. Neste artigo você aprenderá sobre glutamina para que serve e muitas outras informações a respeito de ganho de massa muscular e melhoria do preparo físico e a saúde de um modo geral.

Glutamina

Os nossos músculos possuem em torno de 60% de glutamina e estas podem ser encontradas em vários órgãos para diversas funções em prol da nossa saúde, então ela precisa ser estimulada de alguma maneira. A glutamina é um importante aminoácido que vai te ajudar a ter mais saúde e através de alimentação e suplementos você pode atingir os seus objetivos. Os suplementos você encontra em duas versões: pó ou cápsula.

Glutamina para que serve

  • Você que pratica atividades físicas constantemente precisa ter o metabolismo do corpo funcionando bem para manter as quantidades de glutamina adequadas aos músculos.
  • Outra funcionalidade da glutamina é que ela atua em neurotransmissores importantes como o GABA e produz uma melhor eficiência na função mental.
  • Além de ajudar na melhoria do sistema imunológico, a glutamina te ajuda a se recuperar da fadiga pós-treino, o que é muito importante para o seu desenvolvimento físico. O cansaço observado após as atividades físicas ocorre devido a falta de glutamina.
  • A glutamina também contribui para o aumento da glucose e segundo estudos este aumento fica em torno de sete vezes mais a quantidade que havia antes do início do tratamento com o suplemento.

Benefícios da glutamina

Agora que você sabe informações sobre glutamina para que serve, o que é, vamos conhecer os maiores benefícios deste suplemento e o que você pode conseguir através dele para a sua saúde. Lembre-se que você precisa consultar um médico para maiores orientações, portanto, não tome por conta própria, peça ajuda médica para que todo o tratamento seja feito corretamente e você obtenha os melhores resultados. A questão é disciplina e força de vontade. Sabemos da importância das atividades físicas e do preparo físico. A maioria das pessoas não procura um médico antes de começar os exercícios físicos e simplesmente começam, e depois sentem o trauma muscular ou ósseo. A melhor forma é começar devagar e ir progredindo aos poucos aumentando a sua carga. Procure sempre direcionar a glutamina de acordo com as atividades físicas que você escolheu e qual o ritmo a ser dado. Estabeleça metas a cumprir e assim que consegui-las procure aumentar um pouco mais a meta, mas dentro do seu ritmo físico e psicológico. Procure não acelerar este processo de desenvolvimento físico. Só assim para garantir que sua vida será outra com todos estes cuidados. Vamos conhecer agora os benefícios da glutamina.

  • A glutamina tem um efeito anti-catabólico. O que seria o catabolismo? Catabolismo é quando o organismo utiliza suas próprias reservas para repor energias e tecidos desgastados. A pessoa perde força muscular e tem um fraco desempenho nas atividades físicas. A glutamina tem este benefício anti-catabólico, ou seja, o seu desempenho será muito melhor e ganhará massa muscular com tranquilidade e segurança.
  • A glutamina proporciona a hipertrofia, ou seja, o crescimento muscular. A hipertrofia tem o aspecto positivo de melhor o seu desempenho físico, também é capaz de proporcionar ótimos benefícios para a sua saúde, sendo estas diversas, pois, podemos dizer que quando você pratica exercícios físicos com qualidade e melhor desempenho, automaticamente os seus órgãos receberão mais benefícios e sua imunidade será maior e ficará livre de muitas doenças. É importante buscarmos uma longevidade com saúde.
  • A glutamina também favorece o sistema imunológico. Como foi dito anteriormente, uma vez que o seu corpo está em perfeito funcionamento, o seu metabolismo equilibrado, tudo funciona ao sem favor. O sistema imunológico é importante para evitar certas doenças que podem ser fatais, então daí os suplementos são importantes.
  • Este suplemento te ajuda a fazer que o seu intestino funcione com perfeição o que é de grande auxílio para a sua saúde. Nada pior do que prisão de ventre e todo um desconforto intestinal. Este tipo de benefício é importante para suas atividades físicas como um todo e sua saúde em geral. O seu intestino será capaz de absorver melhor todos os nutrientes e vitaminas que você consumir.
  • A glutamina também te ajuda a equilibrar o seu metabolismo através dos hormônios bem estabilizados. Quais as vantagens disso? Seu aspecto emocional será favorito e ficará com mais disposição, alegria e energia. Busque sempre este equilíbrio não só tomando glutamina, mas na sua vida de um modo geral. O segredo do sucesso é ter um estilo de vida menos estressante e mais calmo para garantir todos os bons resultados e metas que queira atingir. O ideal é você ter esta mesma disposição da academia de ginástica na sua casa, escola ou trabalho.
  • Doenças degenerativas terão um percentual reduzido em sua vida se tomar glutamina constantemente. O ideal é que você consiga atingir todas as suas metas através de muita força de vontade e dedicação. A glutamina como você está vendo, é muito útil em vários aspectos, então use com orientações médicas adequadas.
  • Colesterol e diabetes são dois problemas que devemos ficar atentos o tempo todo para que nada de errado ocorra, e a glutamina ajuda a controlar ambos os problemas e ajuda na sua flora intestinal.
  • A glutationa é produzida pela glutamina que é um ótimo antioxidante que ajuda a desintoxicar o seu corpo.
  • Ela também elimina a amônia depois das suas atividades físicas.

 

Quando evitar a glutamina?

Quem é diabético não deve tomar este suplemento por haver riscos a saúde do paciente. Procure o seu médico e se informe melhor a respeito se você sofrer de diabetes. Certamente todo cuidado é pouco para quem é diabético e tudo deve ser feito conforme as ordens médicas. Pessoas com problemas renais e hepáticos também não devem fazer uso deste suplemento.

Efeitos colaterais

Usando da forma correta a glutamina não há relatos de problemas relacionados com efeitos colaterais, mas quem toma dosagem excessiva, aí sim, poderão ter problemas mais sérios como transporte inadequado de aminoácidos nos tecidos. Outro efeito da super dosagem: os rins e intestino terão problemas de funcionamento.

Como tomar glutamina

Para quem faz atividades físicas constantes a glutamina deve ser tomada no máximo 20 gramas.

Os melhores horários para tomar glutamina

No começo da manhã – Tome cinco gramas em jejum.

Antes do treino – Ingerir de 4 a 8 gramas antes do treino meia hora antes.

Depois do treino – Ingira mais 5 gramas após as atividades físicas.

No jantar – Cinco gramas depois da janta é muito bom. Os seus músculos estão em estado anabólico enquanto você dorme, então esta última refeição é importante receber mais esta dosagem de glutamina.

 

A glutamina engorda?

Não, ela não engorda porque ela bloqueia o acúmulo de gordura.

Alimentos que contêm glutamina

A glutamina é essencial para perder peso, ganhar massa muscular e manter sua saúde em perfeito estado. A partir daí você precisa fazer sua parte tendo uma alimentação equilibrada e balanceada. Afinal de contas de nada adianta você tomar glutamina e logo em seguida ir a um restaurante e comer aquele sanduíche ou pizza cheio de ingredientes pesados, etc. Cuide bem da sua alimentação que é a melhor aliada das suas atividades físicas. Agora você verá quais são os melhores alimentos que contêm glutamina para o seu cardápio. Fale com o seu nutricionista a fim de uma melhor avaliação.

A glutamina está presente na composição de alimentos vegetais e animais cheios de proteínas. Vamos conhecer os principais:

Carne bovina: Possuem boas quantidades de glutamina e proteínas, mas leve em consideração consumir carne branca, pois, representam melhores resultados para o organismo. Procure comer carnes vermelhas com moderação e brancas em mais quantidade (peixes, peru e frango).

Leite – O leite é uma ótima fonte de glutamina, bem como os seus derivados: iogurte, soro do leite, etc. Ele é muito rico em proteínas também, então procure consumi-lo com frequência, pois ele te dará muitos outros benefícios.

Ovo – É um alimento rico em proteínas e vai te ajudar e muito a aumentar sua carga de glutamina. A partir do momento em que você tem o ovo como parte da sua rotina, alcançará muitos benefícios em sua saúde.

Arroz branco – O principal prato brasileiro – o arroz e feijão são muito ricos, então somos felizardos. O arroz branco é uma grande fonte de glutamina e apresenta uma maior digestibilidade e eficiência nas proteínas.

Feijão – A glutamina representa a expressiva quantia de 24,2% da proteína do feijão, o melhor amigo do arroz no prato brasileiro.

Trigo – Alimentos a base de trigo representa 35,1% da gliadina.

Proteína do milho – O milho é rico em carboidratos e proteínas e consequentemente glutamina. Invista em alimentos provenientes do milho.

Tofu – Um queijo muito popular no Japão que é muito rico também em glutamina.

Soja – Possui 9,6% da glicina presente.

 

Estes são apenas alguns alimentos que devemos consumir então o nutricionista é a melhor pessoa para te recomendar uma dieta balanceada com certeza. Tudo será analisado na hora da dieta, se você tem o colesterol alto, se tem diabetes, se tem problemas cardíacos, se faz uso do cigarro ou bebida alcoólica, enfim, são todos os detalhes que só um médico poderá te ajudar a encontrar a melhor dieta para aumentar sua glutamina.

Tenha consciência que tudo em exagero faz mal e que podemos comer de tudo um pouco. Se você quiser comer um doce ou fritura, pode fazê-lo, mas moderadamente. Siga o seu tratamento da melhor forma possível tomando a glutamina sem super dosagens e faça os seus exercícios físicos com frequência e você ganhará com tudo isso.

Alimentos para equilibrar os hormônios

Nosso organismo é uma máquina perfeita e todas as engrenagens precisam se encaixar. O metabolismo precisa estar ativo o tempo todo, o nosso psicológico também, bem como devemos prestar atenção nos sintomas que o nosso corpo demonstra. São os pequenos sintomas que nos fazem ficar atentos doenças que estão por vir, então a alimentação e atividades físicas formam um conjunto completo e perfeito. Vamos ver agora os melhores alimentos para equilibrar os seus hormônios.

Soja orgânica

Ela é rica em estrógenos e ajuda a controlar o colesterol. A mulher que está na menopausa deve consumir soja orgânica por ser de fundamental importância na redução dos sintomas deste problema.

Óleo de coco

É um excelente alimento para melhorar  a sua pele. Quando há distúrbios hormonais a pele também é atingida, então o óleo de coco contém ácido láurico que atua neste sentido de revitalizar a sua pele.

Sementes de linhaça

A linhaça é um fito estrógeno que ajuda a equilibrar os hormônios. Ele e a soja são ótimas opções para você consumir.

Abacate

Uma fruta muito completa rica em gordura boa que é a monoinsaturada e também em beta-sistosterol. Controla o seu estresse o qual produz efeitos negativos ao seu organismo.

Frutos secos

As amêndoas, nozes e castanhas são excelentes fontes de proteínas e atuam diretamente no controle hormonal de forma segura e saudável.

Ovos

Um alimento completo que ajuda no controle hormonal e possui muitas vitaminas e  minerais. Este não pode faltar na sua dieta.

Semente de chia

A Ômega 3 Ômega 6 são importantes para o corpo e estas sementes oferecem uma boa  quantidade de fibra, Ômega 3 até mesmo mais do que o peixe.

Manteiga

Rica em ácidos graxos e são essenciais para o controle hormonal.

Romã

É antioxidante, anti-inflamatória, além de equilibrar os seus níveis hormonais.

 

Você está vendo que tudo está interligado com alimentação. Os alimentos que consumimos dizem quem somos e a dieta que seguimos nos mostra a nossa saúde. Se estamos obesos há algo de errado que precisa ser reparado. Se estamos com colesterol alto ou temos diabetes outros problemas alimentares precisam ser reavaliados. Desta forma necessitamos de disciplina e paciência para que possamos atingir nossas metas. Se você não for persistente e não mudar o estilo de vida, fica mais difícil conseguir.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário